Meu humor



Meu perfil
BRASIL, Mulher, Música, Livros, Filmes, Jornalista, Professora, Escritora. E-mail: limarmello@bol.com.br



Arquivos

    Categorias
    Todas as mensagens
     Link
     Citação
     Língua Portuguesa e Literatura
     Meus poemas, contos e fotos
     Ditadura militar
     Meus artigos
     Quem é Lídia Maria de Melo

    Votação
     Dê uma nota para meu blog

    Outros links
     Minha página no Orkut
     Minha Página de Vídeos no You Tube
     Comentários sobre o blog
     Ganhadores do Prêmio Vladimir Herzog (sou um deles)
     Meu Currículo Lattes (no CNPq)
     ........................
     Meu poema '' Entrega''
     Meu poema ''Tua Casa. Teu Perfil''
     Meu poema ''Mosaico''
     Meu poema ''Roteiro''
     Meu poema ''Ação das Palavras''
     Meu poema ''Sonho Real''
     Meu poema ''Recado de Deus''
     Meu poema ''Retrato'' e minha foto aos 4 anos
     Meu poema ''Sem Fronteira''
     ''Gil, Simplesmente Metáfora'' (comentário)
     Meu conto Bala Perdida
     Meu conto ''Como Um Poeta''
     Meu conto ''Pelo deleite do ócio, por conta de uma ousadia''
     Notícia sobre meu conto ''Como Um Poeta''
     Meu conto "Como Um Poeta'' na antologia da Unicamp
     Concurso de Contos da Unicamp (vencedores _ sou um deles)
     Minha dissertação de Mestrado (USP)
     Minha dissertação de Mestrado e outras (USP)
     Minha dissertação de Mestrado (Inep)
     Minha Dissertação de Mestrado - Capes (resumo)
     Minha dissertação de Mestrado (UFRGS)
     Áudio de entrevista sobre o Golpe Militar de 1964, após palestra minha no Sesc em maio de 2004
     Raul Soares, Um Navio Tatuado em Nós, reportagem sobre meu livro (site Novo Milênio, reprodução de A Tribuna)
     A Tortura no Porto de Santos (artigo de Alessandro Atanes, que cita trecho de meu livro Raul Soares)
     Minha reportagem: Thomas Maack, médico e preso do Raul Soares (site Novo Milênio, reprodução de A Tribuna)
     Meu livro Raul Soares, Um Navio Tatuado em Nós faz parte do acervo da Library of Congress (Biblioteca do Congresso Norte-Americano)
     Meu livro ''Raul Soares, Um Navio Tatuado em Nós'', catálogo da Fundação Biblioteca Nacional
     Meu livro Raul Soares, Um Navio tatuado em Nós (registro na Biblioteca Nacional)
      Raul Soares - pronunciamento na Assembléia Legislativa em 2003
     Reportagem de Laire J Giraud que menciona meu nome e de meu pai
     Artigo sobre o golpe de 1964 (Laire José Giraud)
     Minha reportagem: Zuleika Alambert, a primeira deputada santista (site Novo Milênio, reprodução de A Tribuna)
     Minha reportagem: O juridiquês no banco dos réus (A Tribuna)
     Minha reportagem: Atenta ao mundo, cronista Nair Lacerda faz 90 anos (A Tribuna -18.7.1993, reprodução no site de Santo André)
     Minha reportagem: O juridiquês no banco dos réus (site da Associação dos Magistrados Brasileiros, reprodução de A Tribuna)
     Minha reportagem: entrevista sobre Educação e Violência, publicada em 26 de junho de 2006 (A Tribuna)
     Minha reportagem: As conquistas de um menino que ''nunca iria aprender'' (Reprodução da Revista Nova Escola)
     Meu artigo: Coral de Bem-te-vis (publicado no Blog do Noblat)
     Meu artigo: Agressão no Futebol (publicado no Blog do Noblat)
     Meu comentário: Que sina! (sobre expectativa de vida e aposentadoria)
     Uma Prosa com a Poesia de Adélia Prado (Meu artigo)
     Licenças poéticas e musicais e a Língua Portuguesa
     Meu comentário sobre nova reforma ortográfica: ''Regras para todos, sem exceção''. (A Tribuna, 15/7/07)
     Eu na lista de alunos egressos da USP
     Participação em pesquisa na Escola de Comunicações e Artes da USP
     Reportagem sobre minha palestra (Jornais e Neologismos) no Intercom/2007 - Universidade Católica de Brasília
     Entrevista sobre Neologismos concedida a Ted Sartori
     Cidade de Santos (jornal) - fechado em 1987- imagens e textos -
     Lúpus (depoimento)
     As crônicas de Rubem Braga
     Narciso de Andrade
     Vinte Anos da Anistia
     Beco de Ouro Preto
     Dante de Oliveira, o pai das Diretas Já
     Ouro Preto - Abril de 1984, Diretas Já e Medalha do Inconfidente
     A Sangue Frio, Truman Capote (pequena análise)
     TV Globo exibe manifesto do PCC (testemunho)
     União Brasileira dos Escritores
     ........................
     LINKS INTERESSANTES
     Conto ''Angústia'', de Tchekhov
     Museu da Língua Portuguesa
     Texto Vivo - Narrativas da Vida Real (Jornalismo Literário)
     Projeto Releituras
     Blog do Noblat
     Blog da Soninha
     Fotolog Navios do Silvares
     Fotolog Santos Ontem
     Blog Propagandas Antigas
     Blog Propagandas Antigas 1
     Blog Propagandas Antigas 2
     Blog Propagandas Antigas 3
     Site do poeta Mário Quintana
     Violência contra a Mulher
     Amigos do Livro
     TV Livro (vídeos)
     Uol Vídeos
     Propaganda da All Day (linda!)
     Lisboa entre Cabos, blog do português Luís Miguel Correia - belíssimas fotos




    Blog da Lidia Maria de Melo
     


    Minha mensagem

     

    Os reféns da Farc ainda não foram soltos. Morreu Narciso de Andrade, o poeta, o cronista, o grande homem e intelectual que amava Santos e escreveu uma crônica para mim no jornal A Tribuna. Vou escrever sobre ele em outro dia.  Ontem, fui rapidamente a um shopping e fiquei menos de meia-hora. Quando voltei, tinham batido no meu carro. Esperei pela autora da façanha no estacionamento durante mais de duas horas. Até que ela retornou e prometeu pagar o dano. Vamos ver. O Paquistão ainda se debate após o assassinato de Benazir Bhutto, uma turista argentina foi assassinada em Foz de Iguaçu... Há muitas notícias tristes. Mas também temos a Corrida São Silvestre. Meu pai e minha irmã já participaram dessa prova. Cada um em seu tempo. Gosto muito de assistir aquela festa. Pena que a TV Globo não transmita a prova inteira. É melhor do que ver essas novelas chatas. (Não que toda novela seja chata!). Ainda assim, apesar de tanta coisa desagradável, feliz ano-novo. É tempo de irmos conquistar as coisas grandes com as quais sonhamos. Não podemos ficar parados, como disse Raul Seixas. ''Eu tenho uma porção de coisas grandes pra conquistar e não posso ficar aqui parado'' (Ouro de Tolo). Feliz 2008!!!



    Categoria: Meus artigos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 17h55
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Para matar saudades dos Tots ou conhecê-los

     

     

    Para quem não se lembra, estes são os Tots (Tina, Tom e Tico). Eles apareciam todas as manhãs na TV Cultura no início desta década. Era um programa bilíngüe para a criançada.

    Depois de ver a foto, assista à introdução do programa, que está no Youtube.

     



    Categoria: Meus artigos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 13h11
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    A bênção do canto

     

    Existem inúmeras coisas boas na vida. Cantar é uma delas. Não é à toa que o dito popular sentencia: quem canta seus males espanta!

    Cantei muito na noite de Natal, junto com minha família. Cantamos, rimos, brincamos, falamos bobagens, nos divertimos... Ficamos leves! Foi um dos melhores natais de minha vida!



    Categoria: Meus artigos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 02h44
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Não se esqueça do dono da festa e ouça Douce Nuit

     

    Andar de mãos dadas com o sonho é uma forma de nunca deixar de ter esperança e de acreditar nas surpresas que nos esperam a cada esquina.

    Convém não esquecer de que o aniversariante do dia 25 é Jesus Cristo.  Feliz Natal, tendo sempre em mente os ensinamentos do ''dono'' da festa.

    Feliz Ano-Novo também!

    Ouça ''Noite Feliz'', em francês (Douce Nuit), entoada por Mireille Mathieu e Les Petits Chanteurs à la Croix de Bois:

    Encontrei esse vídeo no Youtube. Foi postado por Briard21.

    Abaixo, a letra de ''Douce Nuit''.

    DOUCE NUIT

    (Joseph Mohr - François-Xavier Gruber)

     

     

    Douce nuit, sainte nuit

    Tout s'endort à minuit

    Mais dans le ciel sans voile

    Apparut une étoile

    Pour guider les bergers

    Jusqu'à l'enfant qui est né

     

    Oh! douce nuit, oh sainte nuit

    Les bergers ont souri

    À l'enfant si aimable et si beau

    Entouré quelques tendres agneaux

    Et le monde endormi

    Fut sauvé par cette nuit

     

    Oh! douce nuit, oh sainte nuit

    Tout s'endort à minuit

    Mais dans le ciel sans voile

    Apparut une étoile

    Pour guider les bergers

    Jusqu'à l'enfant qui est né

    Jusqu'à l'enfant qui est né



    Categoria: Meus artigos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 03h14
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Lembrança e saudade

     

    Hoje, 21 de dezembro, faz oito anos que meu pai, Iradil Santos Mello, morreu.

    Deveríamos nos acostumar com a idéia de que nenhum ser humano é imortal, mas não é tão simples assim aceitar a morte das pessoas que amamos.  

    Que ele esteja em paz, junto de minha irmã Laura Maria de Mello, que morreu, há muito mais tempo, aos 16 anos. 

         

    Por eles e por todos que necessitam, uma oração:

    Je vous salus, Marie, pleine de grâces.

    Le Seigneur est avec vous.

    Vous êtes bénie entre toutes les femmes et Jésus,

    le fruit de vos entrailles, est béni.

    Sainte Marie, Mére de Dieu, priez pour nous, pauvres pécheurs,

    maintenant et à l´heure de notre mort, amen.

     

     



    Categoria: Meus artigos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 03h14
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Quelqu´un m´a dit - Carla Bruni

     

    Nascida na Itália e criada na França, Carla Bruni gravou em 2002 a canção Quelqu´un m´a dit, depois de abandonar os estudos e a carreira de modelo. Ela é a nova companheira do presidente francês Nicolas Sarkozy, que se divorciou há dois meses.

     

    Quelqu´un m´a dit - Carla Bruni

    (Autor: Daniel de le Teoux) 
    On me dit que nos vies ne valent pas grand-chose, 
    Elles passent en un instant comme fanent les roses, 
    On me dit que le temps qui glisse est un salaud, 
    Que de nos chagrins il s'en fait des manteaux. 
    (refrain)
    Pourtant quelqu'un m'a dit que tu m'aimais encore, 
    C'est quelqu'un qui m'a dit que tu m'aimais encore, 
    Serais ce possible alors ? 
    On me dit que le destin se moque bien de nous, 
    Qu'il ne nous donne rien, et qu'il nous promet tout, 
    Paraît que le bonheur est à portée de main, 
    Alors on tend la main et on se retrouve fou. 
    Pourtant quelqu'un m'a dit... 
    Mais qui est-ce qui m'a dit que toujours tu m'aimais?
    Je ne me souviens plus, c'était tard dans la nuit, 
    J'entends encore la voix, mais je ne vois plus les
    traits, "Il vous aime, c'est secret, ne lui dites pas
    que je vous l'ai dit." 
    Tu vois, quelqu'un m'a dit que tu m'aimais encore, 
    Me l'a t'on vraiment dit que tu m'aimais encore, 
    Serait-ce possible alors ? 
    On me dit que nos vies ne valent pas grand-chose, 
    Elles passent en un instant comme fanent les roses, 
    On me dit que le temps qui glisse est un salaud, 
    Et que de nos tristesses il s'en fait des manteaux. 
    Pourtant quelqu'un m'a dit...
    .................................... 

    (Tradução) (Alguém me diz)

    Falam que nossas vidas não são grande coisa,
    Elas passam em um momento como as rosas.
    Falam que o tempo é um canalha
    Que nossas tristezas são aparência
    No entanto alguém fala para mim...
     Refrão
    Que você ainda gosta de mim,
    Alguém que me disse que você ainda gosta de mim
    Seria isto possível então?
    Falam me que o destino se diverte conosco
    Que não nos dá nada e que nos promete tudo
    Que a felicidade está dentro do alcance,
    Então um aperta a mão e se encontra
    No entanto alguém fala para mim...
    Refrão
    Mas quem me disse que você gosta de mim?
    Eu não recordo mais, estava atrasada na noite,
    Eu ouço ainda a voz, mas eu não vejo o rosto
    "ele ama você, isso é segredo, não lhe diga que eu
    disse a você"
    Você vê alguém dizendo a mim...
    Que você ainda gosta de mim, você disse isso
    realmente...
    Que você ainda gosta de mim, seria isto possível
    então?
    Falam que nossas vidas não são grande coisa,
    Elas passam em um momento, como as rosas
    Falam que o tempo é um bastardo
    Que nossas tristezas são aparência
    No entanto alguém fala para mim...
    Refrão



    Categoria: Meus artigos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 02h41
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Acabou!!!

     

    Cumpro com minhas obrigações de cidadã e pago meus impostos, portanto, ninguém pode me acusar de sonegadora, só porque vibrei com o fim da CPMF.

    Dizem que vai fazer falta para a saúde. Mas desde quando a saúde estava sendo beneficiada com esse dinheiro? Quem precisa de atendimento médico na rede pública passa por muitas humilhações. Isso quando é atendido. Quem não quer se submeter a isso tem que pagar assistência particular. Então, que rede de saúde se beneficiava com esse dinheiro?

    A Receita Federal também diz que perdeu um importante instrumento de fiscalização de movimentação financeira de pessoas físicas e jurídicas. Ora, que crie outro mecanismo. O povo é que não pode cobrir um rombo que não foi ele que fez.


    Atenção: É proibida a reprodução dos textos e das fotos deste blog em qualquer meio de comunicação, impresso ou escrito, sem autorização da jornalista Lídia Maria de Melo. Esta advertência está  amparada pela Lei 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.



    Categoria: Meus artigos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 02h39
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Expectativa de vida e aposentadoria

     

    ''Deveria ser uma boa notícia. Mas o aumento da expectativa de vida do brasileiro traz consequências desastrosas para o trabalhador. Quanto mais ele viver, menor será sua aposentadoria. Isso, se chegar a se aposentar. Mesmo que tenha começado a trabalhar muito cedo. Mesmo que tenha contribuído com o INSS durante 30 anos, no caso de mulheres, ou 35 (homens). Mesmo que o recolhimento tenha sido pelo teto salarial.'' 

    O parágrafo acima é o início do comentário ''Que sina!'', que publiquei no último dia 6 no site da Tribuna On-line (www.tribuna.com.br), na seção Papo Exclusivo com Editores. Leia abaixo o texto na íntegra:

    QUE SINA!

    Lídia Maria de Melo
    Editora de Local

    Deveria ser uma boa notícia. Mas o aumento da expectativa de vida do brasileiro traz consequências desastrosas para o trabalhador. Quanto mais ele viver, menor será sua aposentadoria. Isso, se chegar a se aposentar. Mesmo que tenha começado a trabalhar muito cedo. Mesmo que tenha contribuído com o INSS durante 30 anos, no caso de mulheres, ou 35 (homens). Mesmo que o recolhimento tenha sido pelo teto salarial.

    Até 10 de novembro de 1999, o cálculo do benefício era baseado nos últimos 36 salários de contribuição ao INSS. A partir das regras implantadas pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso e mantidas nos governos de Luiz Inácio Lula da Silva, o Fator Previdenciário passou a corroer substancialmente o valor da aposentadoria.

    Essas regras são injustas! Por várias razões.

    Primeiro, porque, comparando com um jogo de futebol, foram alteradas quase no final do segundo tempo, no caso de quem começou a trabalhar muito antes de 1999 e estava prestes a se aposentar.

    Segundo, porque a expectativa de vida não é a mesma em todo o País. Em São Paulo, está em 73,9 anos. Já em Alagoas, 66,36. Mas a Previdência segue a média nacional: 72,3. Se os paulistas têm poucas chances de alcançar o teto, o que se pode dizer em relação aos alagoanos? Não viverão para ver.

    Na verdade, ninguém consegue ou conseguirá receber o teto. Os que realizam ou realizarem esse feito serão quase heróis. O teto, na verdade, é um engodo.

    Parece que a sina do brasileiro é trabalhar para pagar impostos, taxas, contribuições (como a CPMF!!!)... e não ter o devido retorno do setor público. Por isso, ainda precisa contratar serviços privados, como saúde, educação, seguros de vida, de carro etc. etc. etc. Somos bi, tri, tetratributados. Somos triturados, tripudiados...

    Depois, ainda existem pessoas, como o ex-presidente FHC, que têm coragem de dizer que o brasileiro é vagabundo!



    Categoria: Meus artigos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 04h18
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    De cabeça para baixo

             

    Fiz esta foto no dia 16 de novembro último, às 14h56, na travessia de Guarujá para Santos.

    Adoro os elementos que fazem parte do ambiente da travessia: navios, balsas, barcas, barcos de pesca, barcos de lazer, iates, corda para atracar as embarcações, bóias, salva-vidas, o porto, a espuma das águas produzida pelas hélices, o apito dos navios, a visão dos morros, da saída do canal do estuário, a murada da Ponta da Praia, a bandeira brasileira gigante hasteada na Avenida Saldanha da Gama, em Santos, a vista do Iate Clube de Santos (mas que fica em Guarujá)... Adoro tanta coisa! Só não me convidem para fazer um cruzeiro, que fico feliz.


    Atenção: É proibida a reprodução dos textos e das fotos deste blog em qualquer meio de comunicação, impresso ou escrito, sem autorização da jornalista Lídia Maria de Melo. Esta advertência está  amparada pela Lei 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. 



    Categoria: Meus poemas, contos e fotos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 02h35
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Escultura de Ouro Preto

     

    Comprei esta escultura em Ouro Preto. Beleza rara em pedra-sabão.

    Se não me engano, o escultor chamava-se Willian Gomides. Fiz a foto em 26 de novembro último.  


    Atenção: É proibida a reprodução dos textos e das fotos deste blog em qualquer meio de comunicação, impresso ou escrito, sem autorização da jornalista Lídia Maria de Melo. Esta advertência está  amparada pela Lei 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. 



    Categoria: Meus poemas, contos e fotos
    Escrito por Lídia Maria de Melo às 04h17
    [] [envie esta mensagem
    ] []



     
      [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]